• Lohanna Reis

    Eu amo os seus textos! Certíssima, venho consertando essa postura em mim a duras penas, pois já era algo bem arraigado. Mas te digo, não há sensação melhor! Como dizia o velho adágio: “O homem é senhor do que cala e escravo do que fala”. Namaste!